25 a 28 de Outubro de 2023 - Grão Mogol - MG
Rita e Carlos Jurgielewicz – Rita e Dóio

Rita e Carlos Jurgielewicz – Rita e Dóio

Somos Doio e Rita, pais de 3 filhos, avós de 6 lindas crianças e proprietários da Fazenda Baia das Pedras no Pantanal da Nhecolandia no Mato Grosso do Sul. Em 2002 inauguramos nosso hotel, com a intenção de ser uma segunda atividade produtiva. O negócio prosperou e já atendemos viajantes dos 5 continentes. Mostrar o Pantanal e a nossa cultura, preservar nosso bioma e nossas espécies, continuar o sonho familiar e ter um serviço de excelência estão entre nossas metas. Conseguimos ano a ano estruturar melhor nosso negócio, buscar inovações e apoiar importantes projetos científicos na fazenda, certos de que somos abençoados e vivemos em um lugar único no mundo.

Daniel Guth

Consultor e pesquisador em políticas de mobilidade urbana. Mestre em urbanismo pelo PROURB/UFRJ, é co-organizador dos livros “O Brasil que Pedala” (2018), “A Bicicleta no Brasil” (2015) e “Desistir Nunca foi uma opção” (2013). Ciclista urbano desde 2006, foi coordenador de implantação das ciclofaixas de lazer de SP, viabilizou mapeamento de ciclorrotas de São Paulo e Salvador (BA) e já coordenou dezenas de pesquisas e estudos sobre mobilidade e uso de bicicletas no país.

Anita Correia de Souza

Socióloga formada pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Gestão Ambiental pela Faculdade de Saúde Pública da USP e especialista em Direito Ambiental pelo Senac. Atua na área ambiental há 20 anos, com foco na gestão de Unidades de Conservação e Planejamento Ambiental. Na Secretaria do Verde participou da criação e implementação de 9 Unidades de Conservação, incluindo Áreas de Proteção Ambiental – APAs , Parques Naturais e Reservas Particulares de Patrimônio Natural – RPPNs. Trabalhou ainda na elaboração dos primeiros editais do Fundo Especial de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável destinados às APAs Capivari-Monos e Bororé-colônia. Atuou também na Fundação Florestal do Estado de São Paulo, como Diretora Regional Metropolitana Interior, sendo responsável pela gestão de mais de 20 Unidades, dentre elas Parque Estadual da Cantareira, Jaraguá e Morro do Diabo. Coordenou o Plano Municipal de Mata Atlântica – PMMA, aprovado pelo CADES em 2017. Atualmente é Diretora da Divisão de Gestão de Gestão de Unidades de Conservação, da Coordenação de Gestão de Parques e Biodiversidade Municipal e presidente do Conselho da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo – RBCV, em seu segundo mandato à frente do Conselho.

Raquel Vettori

Bacharel em Turismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC) e pós-graduada em Gestão de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atua na gestão pública do turismo na cidade de São Paulo desde 2006, na SPTuris – empresa municipal de turismo e eventos – onde hoje exerce a função de Gerente de Operações de Turismo. É membro do Conselho Gestor do Turismo do Polo de Ecoturismo de São Paulo (CONGETUR), do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e do Conselho de Turismo do Estado de São Paulo (CONTURESP).

Vera Alcides

Liderança da aldeia Kalipety, trabalha como agente ambiental, com foco na recuperação de áreas degradadas.
Também desempenha um trabalho de guia de turismo na aldeia. Atua fazendo palestras sobre sua cultura tradicional.

Jaqueline Mariane Paula Franco

Administradora, Diretora Executiva da Rede dos Sonhos, e responsável por todo o sistema integrado de gestão dos hotéis.
Trabalha com turismo a 12 anos, tendo ocupado diversas funções na Rede dos Sonhos.
Atualmente atua também no COMTUR das cidades de Socorro e Bueno Brandão e é integrante do Grupo Líder Circuito das Águas Paulista.

Vinicius Martins

Educador Físico, auditor de norma técnica (ABNT NBR ISO 21101 -Sistema de Gestão da Segurança), educador ao ar livre pela Outward Bound Brasil e especialista em implantação de atividades de turismo de aventura.
Voluntario na criação de normas técnicas de arvorismo e tirolesa pela ABNT.
Sócio fundador da MSV Adventure, atual diretor de mercados da ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura)

Tamires Oliveira

Arquiteta e Urbanista, pós-graduanda em Território, Legislativo e Gestão Democrática da Cidade. Atualmente é Coordenadora de Gestão de Parques e Biodiversidade (antigo DEPAVE) da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, onde atua desde 2014. Integra também a atual gestão do Instituto de Arquitetos do Brasil de São Paulo (2020-2022).

Thaís Rosa Pinheiro

CEO da Conectando Territórios, agência de turismo que alia educação e conecta pessoas a história e cultura afro brasileira, de comunidades tradicionais brasileiras e lugares de memória. Mestra em Memória Social (UNIRIO), Especialista em Análise Ambiental e Gestão do Território (ENCE), Especialista em Economia, Turismo e Gestão Cultural (UFRJ), Especialista em História da África e Afro Brasileira (Santa Ursula), Especialista em Estudos da Paz e Resolução de Conflitos (Chulalongkorn,Tailândia), Formada pelo departamento de Direitos Humanos pela  Universidade de Columbia no programa Alliance for Historical Dialogue and Accountability (AHDA) e Guia de Turismo Embratur. Consultora de História e Cultura Afro Brasileira e Étnico Racial.

Pesquisou por mais de nove anos Turismo de Base Comunitária em comunidades quilombolas. Tem experiência em desenvolvimento de projetos aliados a memória, fronteiras étnicas, identidade, territorialidade e cultura afro brasileira.

É Alumni do Young Leaders of the Americas Initiative (YLAI) do Departamento de Estado Americano e do Rotary Peace Alumni (Tailandia).  Criadora da Web Série: Nzinga: Mulheres Viajantes.

Já palestrou em Congressos Internacionais na Colombia e Estados Unidos, organizou eventos e intercâmbio entre Brasil e EUA. Desenvolve diálogo entre a afrodiáspora e territórios. Atua criando conteúdo de audiovisual para discutir territorialidade, memória, cultura e gênero em projetos como Diálogos sobre Deslocamento e Mapa da Escuta.

1 2 3 7